O Projecto CARTS (Canopy Adjusted Real Time Spraying), liderado pela Hexastep S.A. (como parceiro tecnológico) em parceria com a Universidade de Évora (como parceiro científico) e participação da Micron UK (parceiro industrial-multinacional inglesa especializada no fabrico de equipamentos de aplicação de produtos fitofarmacêuticos em baixos volumes) insere-se no conceito da agricultura de precisão sendo um projecto de investigação aplicada em co-promoção que visa desenvolver um equipamento de pulverização diferenciada em tempo real para a vinha. O equipamento estará munido com a) sensores de volumetria do bardo; b) processamento e registo electrónico da informação; e c) regulação electrónica da abertura e fecho dos bicos dos pulverizadores. O objectivo é ajustar o débito da calda à volumetria da vinha em tempo real, ou seja, o pulverizador debita a cada metro apenas o volume de calda necessária para cobrir com eficácia o volume de folhas/ cachos detectados. A volumetria do bardo da vinha pode variar razoavelmente entre parcelas e dentro da mesma parcela, consoante o estado fenológico da vinha, as características do “terroir”, a idade da mesma (plantas em falta na linha), etc. Estas diferenças de volumetria hoje em dia não são tidas em conta, gerando gastos desnecessários de produtos fitofarmacêuticos, com impacto nos custos para o agricultor e no ambiente. O que se pretende com o projecto CARTS é desenvolver uma tecnologia que permita uma pulverização sustentável do ponto de vista agronómico, económico, ambiental e de maior segurança alimentar para o consumidor final dos produtos produzidos.

O Projecto CARTS, iniciou em Outubro de 2015 e conta com o apoio do programa de incentivos à investigação e desenvolvimento no âmbito do Alentejo 2020, tendo uma duração de 24 meses.